Bolsa Família reduziu em 25% a taxa de extrema pobreza, aponta Ipea

Bolsa Família reduziu em 25% a taxa de extrema pobreza, aponta Ipea

- Em Economia

O Programa Bolsa Família reduziu as taxas de extrema pobreza em um quarto (25%) e de pobreza em 15%. A informação, divulgada pela Agência Brasil, é do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) que analisou a evolução das condições de vida dos mais pobres entre os anos de 2001 e 2017.

Foto: Divulgação

“Em 2017, as transferências do programa retiraram 3,4 milhões de pessoas da pobreza extrema e 3,2 milhões da pobreza”, descreve estudo publicado esta semana. Os dados sobre a renda dos mais pobres foram obtidos nas Pesquisas Nacionais por Amostra de Domicilios (Pnad/IBGE), que eram bianuais e a partir de 2016 passaram a ser contínuas.

No total, o Bolsa Família transfere recursos a 14 milhões de famílias ou 45 milhões de pessoas.

Compartilhar: