Educação inclusiva avança em Simões Filho

Educação inclusiva avança em Simões Filho

- Em Simões Filho

Com o objetivo de garantir educação para todos, a Prefeitura de Simões Filho, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), segue investindo na Educação Inclusiva e atualmente, cerca de 244 crianças de 4 a 17 anos são assistidas em 68 escolas municipais.

Para a coordenadora de Educação  Inclusiva, Eliade Lisboa, o estudante da Educação Especial tem o direito de aprender e desenvolver as suas potencialidades cognitivas evoluindo em seus processos de aquisição dos conhecimentos.  “Vivemos em um contexto de diversidade e, é nessa perspectiva que devemos educar”, disse.

 

A coordenação tem acompanhado o atendimento educacional especializado a criança em internamento domiciliar. Para melhorar e ampliar as possibilidades, foi executado a ativação de três salas de recursos multifuncionais, com possibilidades de atender uma média de sessenta estudantes da educação especial no contraturno; abertura de novas salas de recursos multifuncionais para atender em diferentes bairros; matrícula de estudantes com Síndrome congênita do Zika vírus (Microcefalia) e assessorias nesse processo inicial de inclusão dos estudantes na classe comum; apoio de pesquisadores da temática concernente a Síndrome congênita do Kika vírus (Microcefalia) da Portland State University (EUA) e Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

A Semed, junto a Consultoria de Educação Inclusiva Alto Relevo, realizou ainda, a primeira formação e capacitação para secretários escolares, que abordou a importância sobre o censo escolar e inclusão, esclarecendo sobre as inter-relações e implicações entre o conhecimento da educação inclusiva e o censo escolar.

Compartilhar: