Lutadora de Mapele, Hanna Clímaco volta ao pódio e vence mais um desafio em Camaçari

Lutadora de Mapele, Hanna Clímaco volta ao pódio e vence mais um desafio em Camaçari

- Em Simões Filho

Representando a academia CIA BOXE, do professor Marcos Cascão, a atual campeã baiana de Boxe na categoria Cadete voltou ao pódio, e mais uma vez venceu uma luta. Ela mais uma vez também traz para o bairro de Mapele, a medalha de 1º lugar no feminino juvenil da Copa Popó Freitas. A luta foi realizada na noite de sábado, 16/02, no espaço Show de Bola, em Camaçari.

Com a arena lotada, a jovem pugilista simõesfilhense, Hanna Clímaco, vem superando os obstáculos e demostrando grande evolução a cada combate realizado, e vem buscando com muita força e perseverança, superar as dificuldades enfrentadas. Aos poucos vem derrotando todos os seus obstáculos, mesmo sem o apoio dos poderes públicos, Hanna está se preparando para o campeonato baiano, para posteriormente, disputar o Campeonato Brasileiro na sua modalidade.

Com apenas 16 anos de idade, Hanna é natural de Simões Filho (BA) e treina no projeto que é realizado com muita perseverança, amor e também com muitas dificuldades, por conta da falta de apoio. Vale lembrar que a atleta foi descoberta no projeto “Boxe na Comunidade” pelo professor André (Bui), morador do bairro de Mapele e ex-pugilista profissional.

A combatente vem se destacando no esporte baiano representando a cidade de Simões Filho e é detentora do título de Campeã Baiana de Boxe que foi conquistada na Arena Cyber, no bairro Pau Miúdo, em maio de 2019, em Salvador.

Feliz com a vitória, Hanna agradeceu ao professor Marcos Cascão, o técnico auxiliar André Bui, familiares e amigos que estiveram presentes, além disso, ela pediu um olhar mais amplo para o esporte para representar e elevar o nome da cidade ao topo. “Que venha os patrocinadores”, pontuou.

Mesmo sem apoio, os descobridores têm feito sua parte formando grandes campeões e alcançando ótimos resultados. A falta de investimento na valorização dos talentos jovens e o descaso com os que aparecem e não são aproveitados, podem levá-los a diversas consequências, como o desânimo e a frustração.

POR: MAPELE NEWS
Share Button