Na Colômbia, cidadãos que desrespeitam a quarentena são presos pelos pés

Na Colômbia, cidadãos que desrespeitam a quarentena são presos pelos pés

- Em Mundo

O descumprimento das regras obrigatórias de isolamento na Colômbia está sendo punida com prisão. A prefeitura de Tuchín, em Córdoba, na Colômbia, está prendendo os moradores que quebrarem o isolamento social, pelo pé em uma estrutura de madeira conhecida como cepo, em uma das praças públicas da cidade.

O castigo pode durar até 30 minutos e segundo o prefeito da cidade, é uma prática antiga utilizada pelo povo indígena de Zenú.

“Aumentamos a base de força no município, juntamente com a Guarda Indígena, o Exército e a Polícia. Pessoas que não estão cumprindo as medidas obrigatórias de isolamento estão sendo punidas”, explicou, em seu Facebook, o prefeito Alexis Salgado.

Foto: Facebook/ Arquivo Pessoal

Segundo Alexis Salgado, a punição vem dando resultado. Ele afirma que desde que iniciou a prática, a circulação de pessoas no centro da cidade diminuiu.

“Se impusermos uma sanção econômica, a grande maioria não terá como pagá-la, mas se recorrermos a essas práticas típicas de sua cultura, as estamos fazendo com que cumpram as leis e mantenham vivas suas tradições”.

O número de contaminados com o coronavírus no país chegou a 1.780, com 50 mortes confirmadas.

 

*Bahia.Ba
Share Button