Projeto de Lei que institui Dia Municipal do Capelão é aprovado na Câmara de Simões Filho

Projeto de Lei que institui Dia Municipal do Capelão é aprovado na Câmara de Simões Filho

- Em Destaque

A Capelania é uma assistência religiosa e social e o capelão tem a missão de levar o cuidado espiritual e emocional às pessoas em hospitais, presídios, abrigos e outros locais onde existam pessoas em situação vulnerável ou com algum tipo de necessidade. Considerando a relevância deste serviço na sociedade, a Câmara aprovou nesta terça, o Projeto de Lei nº 007/2019, de autoria do vereador Arnoldo Simões (PRB), que instituí o Dia Municipal do Capelão, no município de Simões Filho, a ser lembrada anualmente na cidade, no dia 7 de julho, em alusão ao trabalho realizado pelos Capelães.

Foto: CMSF

 “Nossa proposta é instituir um dia para uma justa e merecida homenagem às pessoas dotadas de habilidades, dons e talentos, capacitadas e sensíveis às necessidades humanas, dispondo-se a dar ouvidos, confortar e ajudar os semelhantes em escolas, hospitais, presídios e comunidades onde há pessoas desoladas da convivência social em locais de grande concentração popular com serviços de capelania para prover assistência religiosa e espiritual em atos de cultos, cerimônias, solenidades e reuniões”, expôs o vereador Arnoldo durante discussão do projeto na tribuna.

Estiveram presentes na galeria do Plenário, o superintendente da Ordem dos Capelães do Brasil (OCB), pastor Alex Sousa, o coordenador-geral, pastor Denivaldo Silva, e o capelão Sérgio Ferreira. Os pastores Alex e Denivaldo irão representar Simões Filho no Congresso Nacional, em Brasília, pela passagem do Dia Nacional do Capelão, lembrado anualmente no dia 14 de junho.

O autor do projeto destaca que o Capelão não é só para o evangélico, mas para todos aqueles que querem levar a palavra do Senhor Jesus. “Tenho certeza que esse trabalho vai se expandir nas comunidades para ajudar aos necessitados”, completou o republicano.

 

*Com informações da ascom/CMSF 
Compartilhar: