Simões Filho: Vereadores e representantes da APLB discutem demandas dos servidores da rede municipal de ensino

Simões Filho: Vereadores e representantes da APLB discutem demandas dos servidores da rede municipal de ensino

- Em Simões Filho

Os vereadores receberam representantes da APLB Sindicato, do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e do Executivo na reunião das Comissões de Finanças, Justiça e Educação, na tarde desta quarta-feira (5), na sede do Legislativo, onde discutiram as demandas apresentadas pela categoria de servidores da educação que atuam no município.

O presidente da Câmara, Orlando de Amadeu (PSDB), juntamente com os presidentes das Comissões de Finanças, vereador Canjirana (PSL), de Educação, vereador Everton Paim (PSD), e demais membros que integram os colegiados debateram com as lideranças sindicais assuntos pertinentes ligados aos interesses dos educadores e da educação no município.

Mesmo sem apresentar uma pauta com propostas definidas, a comitiva composta por representantes da Executiva da APLB Sindicato, professora Olívia Mendes, pela diretora da APLB em Simões Filho, professora Ana Cláudia, pela coordenadora da APLB no município, professora Lindinalva Oliveira e o representante do Fundeb, professor Rui, encaminhou um documento e abordou com os vereadores que integram as três Comissões Permanentes as questões que envolvem os profissionais da rede municipal de ensino.

A representante da Executiva da APLB Sindicato, Olívia Mendes, expôs questões ligadas a gestão da educação no município e a situação dos professores da rede municipal de ensino. Ela citou a questão do Piso Nacional do Magistério que prevê remuneração aos professores acima do piso salarial.

Os vereadores ouviram os integrantes do sindicato e ambos apontaram a necessidade de estabelecer e promover reuniões periódicas no sentido de ampliar o debate com os educadores do município e se comprometeram em intermediar o diálogo junto ao Executivo sobre as pautas definidas com demandas elencadas, propostas e sugeridas pela categoria.

Foto: CMSF

Para o presidente da Comissão de Educação, vereador Everton Paim, “a reunião foi de grande importância para ouvir as demandas e necessidades da categoria e, a partir de um denominador comum, que seja bom tanto para o Executivo quanto para os professores”, afirmou Paim.

Na mesma reunião, o Projeto de Lei, nº 010/2019, de iniciativa do Executivo, que altera o § 4 do artigo 2º, e acrescenta o § 5º do artigo 8º da Lei nº 1106/2018 referente ao Programa Jovem Vereador, em tramitação na Casa, está sob análise das três Comissões Permanentes. Com parecer favorável sem apresentação de emendas, o PL pode ser incluído na pauta de votação em plenário, na Sessão Ordinária da próxima terça-feira (11).

Estiveram presentes na reunião, além do presidente Orlando de Amadeu e dos representantes da APLB Sindicato, os vereadores Adailton Caçambeiro (PRP), Arnoldo Simões (PRB), Canjirana (PSL), Cleiton Bolly Bolly (SD), Deni da Metalúrgica (PSD), Jailson ‘Jajai’ (PP), o líder do governo, Manoel Almeida ‘Neco’ (PSD), Manoel Carteiro (PSB) e Vel Silva (PRP), além da procuradoria jurídica da Câmara.

 

*Ascom/CMSF