Biden assina decretos, incluindo de retorno dos EUA ao Acordo de Paris e à OMS

Biden assina decretos, incluindo de retorno dos EUA ao Acordo de Paris e à OMS

- Em Mundo

O presidente americano, Joe Biden, assinou nesta quarta-feira, 20, uma série de decretos, inclusive uma ordem para que o país volte a estar comprometido com o Acordo Climático de Paris e um documento para anular a decisão de deixar a Organização Mundial da Saúde (OMS).

“Vamos combater as mudanças climáticas de uma forma que não tínhamos tentado até agora”, disse Biden a jornalistas, após assinar os decretos que incluem medidas de proteção ambiental, mas também normas para combater a pandemia de Covid-19.

Foto: Reprodução

A paralisação da construção do muro na fronteira com o México também entrou na pauta dos atos executivos, através do fim do estado de emergência nacional que concedia fundos para a obra. Além disso, Biden enviou um projeto de lei de imigração aos legisladores que propõe permitir que milhões de imigrantes que vivem ilegalmente nos Estados Unidos possam obter documentos legais.

Biden também assinou uma determinação que obriga o distanciamento social e o uso de máscaras em prédios e áreas federais e por funcionários públicos do governo e terceirizados.