Kátia Oliveira destaca início da vacinação em Simões Filho: “O nome desse dia é esperança”

Kátia Oliveira destaca início da vacinação em Simões Filho: “O nome desse dia é esperança”

- Em Destaque

A deputada estadual Kátia Oliveira (MDB) destacou nesta terça-feira (19) o início da vacinação contra a covid-19 em Simões Filho, na região metropolitana de Salvador. O município recebeu 1.000 doses do imunizante produzido pelo Instituto Butantan e realizou uma cerimônia para marcar o começo da vacinação, com a presença do prefeito Dinha Tolentino (MDB).

A enfermeira Elizete Lima Barbosa Ribeiro, 50 anos, foi a primeira a ser vacinada na cidade. “Os profissionais da saúde estão na linha de frente desde o começo, nada mais justo do que iniciar a vacinação por eles. Hoje foi um dia muito especial. Tenho certeza de que todos que viram a imagem da vacina chegando no aeroporto se emocionaram”, afirmou a parlamentar.

Em toda a Bahia, foram 376 mil doses do imunizante nesta primeira etapa de vacinação. “O nome desse dia é esperança. Esperança de dias melhores, de que entes queridos novos serão salvos. É muito forte isso, principalmente para todos que perderam um ente querido. É muito difícil. Hoje é um dia mais do que especial, dia que Deus escolheu para trazer esperança para o nosso coração”, salientou.

Pela manhã, a legisladora participou do início da vacinação contra a Covid-19 na Bahia em cerimônia simbólica que ocorreu no santuário das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), em Salvador. Os imunizantes, que chegaram ao estado na noite desta segunda-feira (18), começaram a ser distribuídos aos municípios já ao longo da madrugada.

“É um momento de fé e esperança para o nosso povo, após quase um ano desde que essa doença chegou ao Brasil e ao nosso estado. Tem sido uma batalha dura contra esse inimigo invisível, mas, agora, com o início da vacinação, esperamos que possamos superar de vez essa crise”, afirmou a parlamentar.

No estado, a primeira pessoa a ser vacinada foi a enfermeira Maria Angélica de Carvalho, 53 anos. “Agora, nós temos muita fé de que a vacinação vai seguir com agilidade para logo possamos começar a imunizar a população em massa. Até lá, as pessoas devem continuar se cuidando, tomando todas as medidas protetivas, pois o vírus ainda estar presente. Em breve, voltaremos à normalidade”, concluiu Kátia Oliveira.