Maia defende prorrogação do auxílio emergencial de R$ 600 por mais dois meses

Maia defende prorrogação do auxílio emergencial de R$ 600 por mais dois meses

- Em Economia

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, defendeu hoje (4)  a prorrogação do auxílio emergencial para trabalhadores informais e autônomos. De acordo com Maia, a intenção dos deputados é manter o benefício de R$ 600 por pelo menos mais 60 dias. O governo, no entanto, estuda estender o pagamento com duas parcelas de R$ 300. A informação foi divulgada pelo jornal O Globo.

“Se dependesse dos parlamentares, do que eu estou ouvindo, você teria mais duas ou três parcelas do mesmo valor de R$ 600, mas tem o impacto. Ninguém está negando o impacto e também ninguém está negando, nem o governo, a necessidade de prorrogação do benefício”, afirmou Maia.

De acordo com o Tesouro Nacional, a previsão de gastos com a ajuda aos informais é de R$ 152,64 bilhões.