Quatro capitais correm risco se não cumprirem o isolamento social

Quatro capitais correm risco se não cumprirem o isolamento social

- Em Brasil

O isolamento social sugerido pelos órgãos competentes de saúde vem sendo uma das medidas mais efetivas para evitar a proliferação do Covid-19.

No Boletim Epidemiológico Diário divulgado no último sábado (11) pelos secretários executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, e de Vigilância em Saúde, Wanderson Kleber de Oliveira, Rio de Janeiro, Manaus, Fortaleza e São Paulo são cidades que correm grandes riscos caso não cumpram a medida.

Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil

O estado de São Paulo concentra o maior número de casos (8.419) e de mortes (560). No Amazonas, há 1.050 casos e 53 mortes. No Ceará, são 1.582 infectados e 67 óbitos. No Rio de Janeiro, há 2.607 casos confirmados e 155 mortes.

Segundo Wanderson, é preciso manter o isolamento social para que não seja necessária medida mais drástica, como o bloqueio total.

Para o secretário, esta é “uma medida muito amarga que traz impactos econômicos bastante expressivos” e a expectativa é que isso não seja necessário no Brasil.

“Para isso é fundamental que o distanciamento social não seja relaxado, especialmente em Manaus, Fortaleza, Rio de Janeiro e São Paulo”, disse Wanderson.