Simões Filho: Confira principais ações de combate à Covid-19 desde início da pandemia

Simões Filho: Confira principais ações de combate à Covid-19 desde início da pandemia

- Em Destaque

Desde o início da pandemia do novo Coronavírus no Brasil, o município de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), na administração do prefeito Diógenes Tolentino de Oliveira, popular Dinha (MDB), tomou inúmeras medidas preventivas para, acima de tudo, evitar um colapso no sistema de saúde municipal.

Prefeito Dinha Tolentino e secretária de Saúde, Iridan Brasileiro

Entre as mais diversas iniciativas adotadas, destaque para ações significativas e humanitárias, a entrega de mais de 20 mil cestas básicas, como também distribuição de cestas básicas a grupos vulneráveis e instituições sociais do município, além da entrega de produtos de limpeza e higiene.

Sob a liderança do prefeito Dinha Tolentino, a Prefeitura enviou dois projetos de leis à Câmara, sendo imediatamente sancionados pelo gestor municipal, como os auxílios emergenciais “Merenda em Casa” (seis parcelas de R$ 50), aos estudantes da rede municipal (cerca de 17 mil alunos), e o benefício emergencial “Simões Filho Boa Gente” no valor de R$ 220, aos permissionários do Mercado Municipal e autônomos. Os dois benefícios totalizaram quase R$ 7 milhões de investimentos.

Antes do surgimento do primeiro caso registrado em Simões Filho, (04 de abril de 2020), o prefeito Dinha se reuniu com a secretária de Saúde, Iridan Brasileiro, técnicos e especialistas da área, e neste sentido, a Prefeitura de Simões Filho capacitou equipes técnicas de saúde, a fim de garantir a manutenção de conhecimentos específicos.

O município criou leitos de retaguarda no Hospital Municipal, UPA e entregou a Unidade de Enfrentamento ao Coronavírus, com 22 leitos e equipamentos, ao lado da UPA-CIA I.

Desde as primeiras intervenções, o trabalho foi crescente, por meio de ações de reorganização da rede de saúde do município; contratação e colocação de profissionais na linha de frente e realização de testes para Covid-19. O Poder Público Municipal, inclusive, incentivou a sociedade civil e associações a produzirem máscaras de proteção, e reforçou campanhas de conscientização. Uma central telefônica foi criada para atender pacientes sintomáticos e apoio psicológico.

Barreiras sanitárias foram instaladas nas principais entradas de Simões Filho, contribuindo para a identificação dos casos e redução da curva de infectados. Nas barreiras, profissionais prestaram orientações, distribuição de máscaras de proteção, medição de temperatura corporal e, quando necessário, o encaminhamento para testagem, conforme protocolo.

A medida foi realizada em diversos pontos da cidade como KM 30, Simões Filho 1, Cristo Rei, Jardim Eldorado, Parque Continental, Góes Calmon, Ilha de São João, CIA 2, CIA 1, KM25, Santo Antônio do Rio das Pedras, Centro, Vida Nova, Pitanguinha, Palmares, Ponto Parada e outros.

Equipes de limpeza também executaram a desinfecção dos pneus de automóveis que passavam pela barreira. Já entre as medidas complementares, a blitz de fiscalização com o apoio da Polícia Militar e medidas restritivas de circulação.

VEJA MAIS FOTOS: